Como falar com outros sobre os seus objectivos de perder peso?

Conversar com a família, amigos e colegas de trabalho sobre assuntos difíceis pode ser desconfortável e gerar ansiedade, particularmente, se já fez diversas tentativas anteriores para perder peso e não tiveram o resultado desejado. Não obstante, se não falar com o seu cônjuge ou parceiro/a, filhos, pais, amigos… sobre os seus objectivos de mudar o seu estilo de vida e melhorar a sua saúde, como saberá a reação deles e como poderá obter o apoio que gostaria? Ao partilhar, até pode vir a ficar surpreendido/a e descobrir que estão na disposição de o/a ajudar a alcançar os seus objetivos. Não obstante, para tal é importante que fortaleçamos a nossa convicção de que a decisão que tomámos é o caminho mais saudável e construtivo!

Lembre-se, a forma como pensamos irá determinar muito do que sentimos e o que fazemos. Ao partilhar as suas metas de saúde e perda de peso com sua família, poderá ajudá-lo/a se pensar:

  • Tenho motivos para estar orgulhoso/a em tomar esta decisão! Não tenho que estar envergonhado/a!

A decisão de comer melhor e de fazer mais exercício é inteligente, pelo que tenho muito que me orgulhar de ter decidido fazê-lo. Estou convicto/a de que é o melhor para mim, pelo que sou capaz de explicar os meus objetivos e de fazer o que estiver ao meu alcance para concretizá-los!

 

  • Manter o meu ânimo, depende muito do que digo a mim mesmo/a!

Posso continuar a fazer exercício e a escolher alimentos saudáveis, certificar-me de que o faço de forma segura e razoável, mesmo que a minha família não esteja 100% interessada na ideia. Posso mostrar-lhes que estou a levar isto a sério e ao verem a minha atitude podem até vir a estar mais propensos a apoiar-me (aprendendo a cozinhar alimentos saudáveis ​​ou a ajudar na aquisição de algum equipamento de treino).

 

  • Querer tornar a minha vida e saúde melhores, não tem de me fazer sentir culpado/a.

Tudo bem! De momento até posso ser a única pessoa da minha família que está a tentar mudar. Ao persistir, talvez possa servir como um modelo para eles. O meu compromisso com o exercício e a alimentação saudável, certamente influenciará positivamente as pessoas ao meu redor. Querer melhorar o meu aspecto físico, saúde e vida não é um julgamento sobre os hábitos alimentares ou de exercícios da minha família, é sobre tornar a minha própria vida melhor.

 

Se ainda assim, não se sente preparado/a e tem dúvidas e receios em partilhar os seus objetivos com sua família ou outras pessoas significativas, talvez possa começar por…

 

… falar com um/a amigo/a próximo/a da sua confiança. Se tiver alguém por perto que perdeu peso com sucesso ou ficou em boa forma, fale com essa pessoa sobre os seus sentimentos. Pergunte-lhe se tinha sentimentos semelhantes e como fazia para partilhar os seus objetivos com os outros.

… pensar e fazer pequenas mudanças. O que pensa, por exemplo, de começar a renunciar às pipocas e refrigerantes quando for ao cinema com o seu/ sua companheiro/a? Se ele/a lhe perguntar, pode dizer que está satisfeito/a com o almoço ou o jantar. Pode, também, pedir para lhe comprarem fruta, vegetais, … Se lhe perguntarem o porquê, pode dizer que gosta desses alimentos. Quanto a atividade física… pode dizer que vai dar um passeio e, se lhe perguntarem, dizer que precisa de um pouco de ar.

 

Lembre-se de… começar devagar! Evite o queijo e maionese no hambúrguer, coma uma fruta em vez de batatas fritas, beba água em vez de refrigerante. Esses pequenos passos farão uma grande diferença e a sua família começará a perceber como está saudável e feliz.

Em breve, sentir-se-á pronto/a para partilhar os seus objetivos com sua família e amigos. Diga-lhes que quer ser “sensato/a” e “responsável” com exercícios e alimentação. Mostre-lhes que pode seguir um plano e…

  • Mostre-lhes o seu plano! Mostre à sua família que pode monitorizar os seus alimentos, planear e realizar mais exercício físico. Quando os planos de alimentação e exercício são acompanhados por profissionais, poderão estar mais propensos a acreditar que está a falar sério. Faça anotações. Se não se sentir à vontade para conversar com sua família, tente registar os seus sentimentos. Seja via e-mail, mensagens ou cartas escritas à mão, ainda pode comunicar os seus objectivos à sua família. Se quiser falar pessoalmente, tente fazer um esboço ou apontar algumas ideias a abordar. Isso facilitará permanecer no tópico e abordar os pontos-chave. Feche os olhos, respire fundo e pergunte-lhes se têm alguns minutos para conversar. Se se sentir mais confortável, poderá escrever uma carta para a sua família e amigos… lê-la para eles ou enviá-la via email ou por correio…

 

Seguem alguns tópicos que, talvez, considere de interesse incluir no que lhes quer transmitir:

 

Querido/s (filhos / marido / esposa / parceiro(a) / amigo(a)),

Eu comprometi-me a fazer algumas grandes mudanças. Estou a tentar comer alimentos nutritivos, fazer exercícios regularmente e ter uma vida saudável. Não tem sido fácil, mas estou a levar a sério esses compromissos e agradeço toda a ajuda que me possam oferecer. Partilho convosco algumas das coisas que apreciaria que fizessem e que considero serem preciosas ao longo deste processo…

Sejam honestos comigo. Estou com sobrepeso e quero perder peso de forma segura e lenta. Peço que me escutem, procurem entender e me deem conselhos, mas por favor não minimizem o problema.

Falem comigo demonstrando que se importam, mas por favor não gritem comigo ou me critiquem por querer mudar para melhor. É uma escolha minha. Ninguém, além de mim, pode decidir quanto peso vou perder, como o farei ou se quero perdê-lo.

Apoiem-me, incentivem-me e elogiem-me. Quero a vossa ajuda para encontrar maneiras acessíveis de fazer exercício e gostaria de ter alimentos mais saudáveis ​​em casa. Apreciaria muito se começassem a comer melhor e a fazer exercício ao meu lado! Quero que todos nós vivamos vidas longas, saudáveis ​​e felizes.

Encorajem-me e não me excluam, por estar a procurar comer de forma diferente. Em vez de se concentrarem em mim, procurem fazer com que toda a família dê pequenos passos para se alimentar melhor.

Olhem para as minhas qualidades e valorizem-me, independentemente do peso. Lembrem-me do que vou conseguindo alcançar. Eu preciso ouvir isso.

Sejam pacientes comigo. Perder peso não acontece do dia para a noite. Quero comprometer-me com bons hábitos e isso requer tempo, paciência e, às vezes, mais de uma tentativa.

Com o V/ apoio e colaboração serei mais feliz, mais saudável, mais leve e mais… eu!

Obrigado por me ouvirem/ darem atenção e, por favor, levem este meu pedido de colaboração vindo do mais fundo do meu coração.

O seu nome

 

Parabéns, pelo seu compromisso em melhorar sua vida!

Quanto à sua família… ao querer o que é melhor para si, talvez venha a descobrir que, com o tempo poderão desenvolver a disposição de o/a ajudar a atingir as suas metas.