Descubra quais as tendências para o fitness em 2020 e como estas o podem ajudar.

As atividades de Fitness são ferramentas de importante valor para o processo de perda de peso e manutenção de um corpo funcional e ativo.

Atualmente, são cada vez mais os praticantes de fitness, que por entre motivos de saúde, estéticos ou recreativos praticam atividades físicas individualmente ou em grupo em centros de treino, academias, ginásios mediante um contexto de convivência social propício ao exercício e ao bem estar. 

Estar com uma boa condição física parte da adoção de um estilo de vida mais saudável que envolve não só, mas também, a prática de exercício de uma forma regular através de programas e situações mais formais sobre orientação de profissionais ou através da prática de carácter menos formal, normalmente associada à realização de exercício esporádico ou sobre próprio desígnio.

A entidade ACSM (American College of Sports Medicine) autoridade na área do exercício e saúde avança anualmente as tendências para o fitness, vejamos qual o possível contributo de algumas tendências para melhorar a sua saúde e controlar o seu peso.  http://www.acsm.org/read-research/acsm-fitness-trends

 

1 – Tecnologias “Wearable”  

Estas tecnologias são dispositivos inteligentes de colocação junto ao corpo, associados à informação e ao desempenho durante a prática de exercício físico. Destacam-se neste domínio os rastreadores de fitness “fitness trackers”, os relógios inteligentes “Smart Watches”, os monitores de frequência cardíaca e os aparelhos de rastreamento GPS. https://www.wareable.com/fitness-trackers

A utilização deste tipo de tecnologias e aplicativos no processo de perda de peso pode ser muito proveitoso, na medida em que permite ao usuário aceder ao registo de dados sobre a intensidade, duração, distância, localização, dispêndio calórico entre muitos outros. Desta forma  poderá converter-se num suplemento motivacional não só para o que falta atingir mas para o que já foi atingido ao nível do treino. 

 

2 – HIIT “Treino Intervalado de Alta Intensidade” 

 O HIIT ou Treino Intervalado de Alta Intensidade é uma metodologia de treino muito difundida ao nível do fitness em todo o mundo. Fundamentalmente consiste num programa de treino que envolve períodos reduzidos de exercício intenso (aproximadamente 20 segundos) alternados com períodos de recuperação também estes reduzidos.  

Utilize o Treino HIIT como uma ferramenta eficaz para aumentar o metabolismo e o dispêndio energético e também aumentar a eficácia funcional do organismo. 

 

3 – Treino em Grupo 

 O treino em grupo pelas suas caraterísticas é um aliado do aspeto motivacional do exercício, onde através da partilha de vontades e intensões o grupo vai alcançando um objectivo comum de exercitação e de convivência. O fator motivacional é uma das chaves para a redução de peso, procure integrar-se num treino em grupo que seja adequado às suas capacidades e ao mesmo tempo aceite o desafio de interacção. 

 

4 – Treino com Peso Livre 

Treino de força com peso livre em detrimento do treino suportado por máquinas no ginásio, apresenta-se como uma tendência, também esta bastante envolvente e desafiante do ponto de vista de uma execução mais variada e livre dos movimentos. Entre os aspectos positivos a portabilidade de uso de resistências livres pode fazer com que treine em qualquer sítio. Aceite o desafio e exercite-se com diferentes materiais (halteres, bolas medicinais, kettlebells, barras e pesos olímpicos…).

 

  5 – Treino Personalizado 

Adira ao acompanhamento personalizado por parte de um profissional de exercício físico. O serviço personalizado de treino é um investimento na saúde e é a garantia que está a fazer os procedimentos de exercício adequados nas proporções devidas e nos timing’s certos.  

 

  

6 – Treino com o Peso Corporal 

A exercitação com o peso corporal torna-se uma alternativa de treino de acesso imediato, visto que poderá não ser necessário material adicional para executa-lo. É ainda bastante completa, porque permite uma variedade de movimentos com diferentes resistências e em diferentes planos. Uma das grandes vantagens deste tipo de treino incide no fato de ser composto por exercícios que geralmente envolvem a utilização do corpo na sua totalidade e por este motivo ter menos enfoque na sobrecarga articular. Certas adaptações deverão ser realizadas para indivíduos que iniciem um programa de treino com o peso corporal elevado.

Se for este o caso deverá seleccionar programas com algumas estruturas de suporte onde consiga não só estar com o apoio bípede mas também apoiar os membros superiores (treino em suspensão, acesso a um banco ou a pontos de apoio para agarrar…). Certifique-se ainda que os exercícios realizados apresentam uma abordagem segura sem grandes mudanças de nível, aproximando-se de posições sentadas e deitadas. 

 

Aceite as tendências, exercite com consciência e tenha um novo ano de transformação!