Motivação: a chave para o sucesso!

Quando nos referimos à motivação, referimo-nos aquilo que incentiva uma pessoa a agir ou a fazer algo! Poderemos dizer que é um estado interno que nos ajuda a nos orientarmos para determinados objectivos, sendo o impulso o que nos estimula a nos lançarmos à acção. 

Existem diferentes tipos de motivação e, entre eles temos, em termos simples:

A motivação extrínseca – baseada em estímulos externos à pessoa (e que geralmente são uma recompensa, por exemplo perder peso porque o médico pediu e diz ser importante para não piorarmos em termos de saúde). Note-se que, com o tempo, as recompensas extrínsecas tendem a diminuir a motivação, uma vez que são baseadas na procura de justificativas, tornando mais fácil abandonar o tratamento a médio ou longo prazo. 

 

A motivação intrínseca – baseada em estímulos internos, motivos individuais e sentimentos de prazer em realizar a acção, ou seja, está relacionada com a autorrealização e o desenvolvimento pessoal (por exemplo, querer perder peso por sua iniciativa para ter mais energia, sentir-se mais saudável e melhor consigo mesmo/a). 

 

A motivação intrínseca…

… é o tipo de motivação com maior relevância para fazermos mudanças nos hábitos relacionados com a nossa saúde!

… favorece ainda mais a adesão ao tratamento para emagrecer, dado que, sendo nosso/ interno, o estímulo que nos leva a gerar uma mudança, será maior a probabilidade de a levar a cabo. 

As motivações mudam, aumentam ou diminuem dependendo de como somos, das circunstâncias ao nosso redor… Por vezes, algumas deixam de estar presentes e surgem outras novas! Todas essas flutuações são normais e é bom estarmos cientes disso. O que importa é que haja uma motivação! Por outro lado, devemos também levar em consideração quais as motivações que temos e se são realistas e realizáveis.

 

Com a finalidade de promover uma maior consciência de si, recomendamos que realize e escreva num caderno, a sua reflexão sincera colocando-se as seguintes questões:

 

Quais são os meus motivos para emagrecer? 

Qual o impacto que emagrecer terá sobre estes aspectos da minha vida?

  • Vida afectiva, família, amigos, profissão e vida social.
  • Nível de energia e participação em actividades de lazer ou outras.
  • Corpo, saúde, auto-imagem, auto-confiança, auto-estima e funcionamento mental.

 

Qual a minha motivação para a mudança? 

Para analisar o que o/a motiva a mudar poderá, também, responder à seguinte pergunta:

 

Quero____________(objectivo) para quê?

Para_______________________________

 

Tenha em mente que, não faltarão ocasiões em que irão surgir pensamentos que procurarão “boicotar” e fazer a sua determinação vacilar… por isso, considere com seriedade a importância de escrever e ler, frequentemente, os seus motivos para emagrecer! Irão ajudá-lo/a a manter viva a sua determinação, fortalecendo-o/a, de modo a não seguir o velho padrão de desistir, quando o caminho se tornar difícil. 

 

Lembre-se: “A força está na nossa motivação e determinação!” , por isso, precisamos de a fortalecer diariamente!