Onde estão as calorias???

O que são as calorias? Onde é que  estão? São perguntas para as quais provavelmente muitos de vocês já conhecem as respostas, mas como nós o que pretendemos é informar sobre tudo o que envolve esse mundo de excessos (quilos, sobrealimentação,…) consideramos básico começar “pelo início” da questão.

O nosso corpo para poder realizar todas as suas atividades precisa de uma energia que só pode ser obtida de fora. Sem ela, simplesmente, nós desapareceriamos. Essa energia é facilitada pela natureza através dos alimentos que comemos. Por sua vez, esses alimentos de acordo com a sua estrutura química são divididos, principalmente, em quatro grandes grupos cada um com um propósito específico no nosso organismo. Esses grupos são divididos segundo os denominados Nutrientes Imediatos (Macronutrientes): estruturas químicas, básicas e indispensáveis dos alimentos que contém as calorias necessárias para manter a nossa vida. São nutrientes calóricos.
Existem outros Nutrientes Imediatos (Micronutrientes) que não são calóricos, mas são igualmente indispensáveis: água,  minerais, iões..

Estes nutrientes calóricos imediatos são: Hidratos de Carbono (carbohidratos ou açúcares), Proteínas e Gorduras ou Lípidos, e cada um deles fornece uma quantidade de calorias por grama:

Hidratos de Carbono = 4 Kcal por grama ingerida
Proteína = 4 Kcal por grama ingerida
Lípidos ou gorduras = 9 Kcal por grama ingerida
Todos os alimentos, durante a digestão, são transformados em cada um desses grandes grupos para nutrir todas as células do nosso organismo. Assim:
– Os Hidratos de Carbono proporcionam aos órgãos e músculos a energia necessária para suas atividades.
– As Proteínas são os “materiais de construção” que ajudam ao crescimento e regeneração dos tecidos.
– Gorduras ou Lipídios servem para armazenar a energia e são a grande fonte de reservas do corpo.

 

Portanto, conhecendo a composição dos alimentos podemos saber as calorías contidas em cada porção deles. Todos sabemos o quão fácil é hoje aceder a essa informação através dos inúmeros sites da área nutricional.

Então, ao fazer esses cálculos fáceis, podemos saber quantas calorias aportamos diariamente durante as refeições.

Uma vez que já sabemos o que são as calorias e de onde provêm, vamos conhecer o que é o Balanço Energético, ou seja, a relação entre as calorias que ingerimos e as que são consumidas pelo organismo.

Assim sendo, podemos encontrar três situações diferentes:
Balanço Energético Zero: refere-se ao equilíbrio entre a quantidade de calorias que ingerimos e as que são consumidas pelo nosso organismo.
Balanço Energético Positivo: acontece quando a quantidade energética ingerida é maior do que a que precisamos para realizar as nossas atividades diárias e desta forma há um Ganho de Peso corporal, uma vez que o excesso de energia fica armazenado em forma de gordura nas células que temos para tal função: os adipócitos.
Balanço Energético Negativo: acontece quando a quantidade energética que ingerimos é menor do que a que é necessária para realizar as nossas atividades diárias. Neste caso, o nosso corpo vai procurar as calorias que estão armazenadas nos depósitos de gorduras (adipócitos) e desta forma há uma Perda de Peso.

 

Então, como é que sabemos as calorias que precisamos diariamente para que o nosso corpo possa realizar as suas tarefas (físicas e fisiológicas)?

Só fazendo o Cálculo das Necessidades Calóricas Diárias e que se obtém considerando o sexo, a idade e o nível de atividade física.

 

Portanto, só depois de sabermos quais são as nossas necessidades calóricas é que podemos decidir aquilo que pretendemos:
Perder Peso = ingerindo menos calorias que as requeridas/dia
Ganhar Peso = ingerindo mais calorias que as requeridas/dia
Manter o Peso = ingerindo as mesmas calorias requeridas/dia.
Certo?…E não esqueça o nosso Binómio de Superação = Vontade + Conhecimento