Porque é difícil perder e depois manter o peso?

Para perder e depois manter o peso conquistado, precisamos de começar por fortalecer diariamente a nossa motivação e determinação, pois aí reside, em grande parte, a nossa força. Pensemos, por momentos, no seguinte:
Comer não consiste numa acção automática, ainda que, por vezes, nos possa parecer o contrário!

Porque razão dizemos isto? Porque os processos automáticos que ocorrem no nosso corpo, tais como os batimentos do coração ou o processo de digestão, são involuntários, não decidimos sobre eles. No entanto, decidimos comer!
Procure estar atento…há sempre um pensamento que precede o acto de comer, mesmo que não estejamos conscientes dele.

O que é que isto significa? Significa que podemos aprender a ter mais controlo sobre as decisões que fazemos em termos alimentares!

Assim, respondendo à pergunta inicial…
É difícil perder e depois manter o peso, porque… para ser bem-sucedido/a…
É preciso mais do que, simplesmente, força de vontade e um plano de alimentação saudável!

É preciso saber o que fazer e como fazer!
É preciso aprender a desenvolver um conjunto de estratégias psicológicas, cognitivas (de pensamento) e comportamentais, de modo a manter viva a motivação e preparar-se para lidar com os desafios e dificuldades que vão surgindo no caminho!

Por estes motivos, os programas de perda de peso mais eficazes são os que integram a combinação de programas nutricionais, exercício físico e intervenção psicológica, e médica se necessária,  visando, mais do que perder peso, poder manter o peso ao longo do tempo de forma sustentável!

Em próximos post’s iremos partilhar estratégias psicológicas que ao serem aplicadas ao nosso comportamento alimentar (Psiconutrição) nos poderão ajudar a alcançar e manter os nossos objectivos de peso.

Até ao próximo post!