Um tema de Atualidade: Padrão Horário Alimentar

Jejum intermitente, jejum alternado, jejum parcial … .. Hoje recebemos diversos mensagens de profissionais nutricionistas sobre o que poderia ser um padrão horário óptimo para  uma nutrição e vida saudáveis.

Nós também temos os nossos próprios critérios  em relação com este assunto.

Mas, inicialmente, quero ressaltar uma opinião qualificada que apareceu muito recentemente.

Segundo Ana Maria Cuervo, co-diretora do Instituto Einstein de Medicina de Nova York (Barcelona, 1966), após uma descoberta feita no seu laboratório, disse que uma estratégia nutricional que inclui o critério de jejum intermitente faz todo sentido sob uma perspetiva de  vida saudável que aporta qualidade de vida e atrasa o envelhecimento.

Vejamos algumas considerações em relação a esta afirmação:

          No nosso corpo, existe um processo diário de auto-limpeza celular chamado Autofagia.

 Este processo, já demonstrado em laboratório, consiste em um sistema de reciclagem no qual as células  comem-se ao si próprias

Bem, esta autofagia ou limpeza celular é ativada quando você não come por um tempo, ou seja, numa fase de jejum. Portanto, é recomendável fazer várias refeições (3-4 cada dia), mas preferencialmente concentradas em um intervalo de horas (eu recomendo, se possível, fazer refeições entre as 09 – 10h e 19 ou 20 horas de cada dia ) para, dessa forma , dar o tempo ao nosso corpo para esse processo de autofagia e poder  realizar a limpeza celular necessária.

 

  Segundo os resultados conclusivos obtidos no laboratório dirigido pela Dra. Ana Maria Cuervo até  os próprios cientistas responsáveis pela investigação estão a modificar seus próprios hábitos para adaptá-los aos critérios do jejum intermitente.

 

Por outro lado, também é importante e influencia das horas das refeições em relação à chamada Resistência à Insulina, sendo que um intervalo de jejum faz com que à atividade insulínica fique em repouso, colaborando desta maneira a uma menor resistência à insulina ( ver aqui …).

 

Por tudo o  acima referido, considero que uma Estratégia Nutricional Inteligente, baseada na nossa Dieta Mediterrânica, rica em nutrientes antioxidantes e anti-inflamatórios, livre de ultra-processados, com um padrão horário alimentar que inclui um período de Jejum Parcial e uma atividade física associada, são os argumentos científicos mais eficazes para um percurso vital saudável, ativo e prolongado.

Quando aplicado a casos de Obesidade acrescentar nesta Estratégia Nutricional Inteligente o critério de Hipocalórica.

 

Tudo isso está nas suas mãos !

Compre com bom senso e alimente-se com inteligência. Não é complicado  e sim muito gratificante. 

Ponha o tempo do seu lado.

A Saúde é Atitude !